Pesquisar
Close this search box.
3

Posts recentes

.

Pesquisar
Close this search box.

.

O que é foliculite na virilha? Aprenda como tratar essa condição!

Conheça os tratamentos mais indicados contra o famoso pelo encravado e ainda descubra como evitá-lo!

Tempo de leitura: 6 min
Compartilhe
O-que-e_foliculite-na-virilha

O que você vai ler neste artigo:

Você sabe o que é foliculite na virilha?

Essa inflamação da raiz dos pelos é uma condição bastante comum, sobretudo nas mulheres que utilizam roupas mais justas com maior frequência.

Contudo, em razão do seu incômodo, saber como tratar e evitar essa doença é bastante importante para garantir maior bem-estar no dia a dia.

Por isso, continue lendo esse conteúdo para descobrir o que é foliculite na virilha e como dar adeus a ela de uma vez! Boa leitura… 

O que é foliculite na virilha?

Antes de descobrir como tratar essa condição, vamos aprender o que é foliculite na virilha, que consiste em uma infecção ou inflamação das estruturas em que fica a raiz dos pelos e cabelos (chamada de folículo piloso).

Inclusive, essa doença de pele pode acontecer em qualquer parte do corpo, como rosto, axilas e no couro cabeludo. Além disso, é conhecida popularmente como pelo encravado. 

Quais são os sintomas da foliculite na virilha?

De modo geral, a foliculite na virilha é semelhante a uma espinha, tendo tanto o formato parecido como também os sintomas: região avermelhada e dolorida.

Outros sintomas comuns dessa doença de pele são:

  • Pus;
  • Coceira;
  • Sensação de queimação;
  • Sensibilidade.

Além disso, a foliculite na virilha pode deixar algumas lesões ou manchas na pele, sobretudo se não for tratada da forma adequada. 

Quais são as causas da foliculite?

A foliculite pode ser provocada tanto por mal cuidados, sobretudo durante a depilação, como também pela bactéria Staphylococcus aureus (estafilococo) ou por fungos — no caso dos quadros infecciosos. 

Contudo, em relação à foliculite na virilha, suas principais causas são:

  • Atrito devido ao uso de roupas muito apertadas, de forma constante;
  • Uso recorrente de roupas grossas ou curativos, que abafam a região e facilitam a proliferação de bactérias;
  • Depilação com cera ou lâminas incorreta;
  • Frequentar constantemente ambientes molhados, como banheiras e piscinas;
  • Uso prolongado de antibióticos;
  • Obesidade;
  • Alterações hormonais;
  • Imunidade baixa;
  • Transpiração excessiva;
  • Dermatite, acne ou outras condições inflamatórias.

Tipos de foliculite 

A foliculite pode se apresentar de duas formas diferentes: superficial ou profunda. 

Então, para determinar o tratamento mais adequado, além de saber o que é foliculite na virilha, você também deve conhecer seus tipos. Veja abaixo quais são:

Foliculite superficial

Esse tipo acontece quando a inflamação ocorre na região superior do folículo piloso, sendo bastante parecido com uma espinha — mas, com um conteúdo amarelado no centro. 

Além disso, a foliculite superficial costuma ser pequena e coçar com frequência. 

Foliculite profunda

A foliculite profunda ocorre quando a inflamação alcança a raiz do folículo piloso, provocando um nódulo endurecido, com pus e vermelhidão. 

Além disso, é comum haver inchaço, coceira e dor na região. O surgimento de cicatrizes ou manchas também são mais comuns nesse caso.

Como funciona o diagnóstico da foliculite?

Para realizar o diagnóstico correto da foliculite na virilha, você deve procurar um médico clínico geral ou dermatologista.

Esses profissionais conseguem identificar a condição através de exames físicos, bem como análise dos sintomas e histórico do paciente.

No caso da foliculite infecciosa, esse diagnóstico é feito por meio da coleta de uma amostra da lesão, encaminhada para um laboratório, que irá identificar se a causa da infecção é uma bactéria ou fungo.

Como tratar foliculite na virilha?

Saber como tratar foliculite na virilha é o primeiro para garantir maior bem-estar para a região!

Por ser uma condição bastante comum, sobretudo entre as mulheres, saber como tratar foliculite na virilha é super importante para combatê-la de forma rápida, eficiente e segura.

Os tratamentos adequados nessa situação são tanto caseiros, como também medicinais. Contudo, dependendo das dicas aplicadas e do tipo de foliculite, nem sempre é preciso procurar ajuda médica.

Em relação à forma de como tratar foliculite na virilha em casa, as principais dicas são:

  • Aplicar uma compressa de água morna 3 vezes ao dia;
  • Lavar bem a região com sabonete anti-séptico e água morna;
  • Aplica pano umedecido com água quente várias vezes ao dia;
  • Utilizar pano descartável para enxugar a região;
  • Não utilizar roupas apertadas ou muito grossas;
  • Lavar as roupas depois de utilizá-las.

Além disso, você deve evitar qualquer forma de depilação na virilha enquanto a foliculite não desaparecer por completo.

Em contrapartida, se seus sintomas não diminuírem com esses cuidados após 2 semanas, o indicado é procurar ajuda de um clínico geral ou dermatologista.

Esse profissional irá recomendar tratamentos tópicos para foliculite na virilha, como pomadas ou gel com antibiótico, no caso de quadro infecciosos. 

As loções mais recomendadas pelos médicos são:

  • Neomicina;
  • Gentamicina;
  • Mupirocina;
  • Bactroban;
  • Cefadroxila;
  • Cetoconazol;
  • Doxiciclina;
  • Oxacilina.

Atenção: essas pomadas apenas devem ser utilizadas em caso de recomendação médica! Caso contrário, você corre o risco de não acabar com a foliculite na virilha e ainda facilitar a resistência das bactérias presentes na região.

Então, antes de comprar qualquer medicamento, consulte um profissional especializado.

E como tratar as manchas da foliculite na virilha?

Em alguns casos, a foliculite na virilha pode deixar algumas manchas na região, que incomodam esteticamente o paciente.

Para amenizá-las, o médico também pode recomendar alguns tratamentos tópicos, como pomadas e cremes com efeito clareador, como a Vitamina C.

Além disso, cuidados como esfoliação e peelings ajudam a diminuir as manchas de qualquer região da pele, desde que utilizados os produtos adequados ao local.

É possível evitar foliculite?

Com certeza!

Saber o que é foliculite na virilha é importante, principalmente, quando chegamos nesse tópico de prevenção.

Afinal, assim como outras condições na pele, esse quadro também pode ser evitado com alguns cuidados bastante simples:

  • Utilizar roupas íntimas de algodão, que abafam menos a região;
  • Enxugar bem a pele após o banho;
  • Fazer a depilação na direção de crescimento do pelo;
  • Utilizar instrumentos adequados durante a depilação;
  • Evitar utilizar roupas apertadas com frequência;
  • Não compartilhar toalhas ou roupas;
  • Lavar a virilha com sabonete neutro após entrar em locais molhados públicos;
  • Lavar a região com sabonete neutro e água morna após a depilação;
  • Esfoliar a virilha uma vez na semana.

Siga todos esses cuidados e diminua a incidência dessas manchas vermelhas em sua pele!

Agora que você já sabe o que é foliculite na virilha e como tratar essa condição, aproveite e leia também: Tratamento para celulite: conheça os mais indicados!

Compartilhe

Receba nosso conteúdo exclusivo e fique por dentro das novidades de saúde e beleza.

Mais lidas

plugins premium WordPress